Entenda Previdência Privada Com Essas 5 Dicas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

Aposentadoria pode até parecer coisa de velho, mas não é, definitivamente.

Pensar nela é sinônimo de planejamento financeiro para um futuro no qual você tem todo o tempo do mundo disponível para realizar sonhos e projetos.

Mas se você não quiser optar por este caminho, provavelmente você terá problemas até para se manter quando já não tiver mais um trabalho para chamar de seu.

Segundo o IBGE, a expectativa de vida no Brasil é de 72 anos e 5 meses para os homens e 79 anos e 4 meses para as mulheres.

Então, quando você estiver na Terceira Idade, o uso de medicamentos e despesas médicas(como plano de saúde, por exemplo), aumentarão consideravelmente, sem contar os custos com alimentação, porque você precisa comer melhor do que hoje para manter sua saúde.

Mas como custear tudo isso recebendo apenas R$ 5.645,80 de uma aposentadoria do INSS?

E este ainda é o valor do teto máximo, imagine os outros valores de salário, então!

Sem contar com as mudanças da reforma da previdência que já estão previstas para se tornarem realidade em 2019.

Ou seja, não há certezas nem garantias de uma aposentadoria digna e tranquila para você.

Logo, por todos esses motivos, você está buscando uma alternativa. E chegou até aqui!

Por isso, preparamos este artigo especialmente para você.

Nele, explicamos tim-tim por tim-tim sobre previdência privada.

Porque essa sim pode ser o plano B para que você tenha o futuro que você sempre sonhou.

Então, vamos conferir agora 5 dicas infalíveis para fazer a escolha certa da sua aposentadoria privada?

1) Previdência Privada é diferente de Previdência Social

O primeiro ponto que você precisa prestar atenção é a diferença entre as aposentadorias que atualmente estão disponíveis no mercado.

A previdência social é um direito que as pessoas têm quando cumprem uma série de regras determinadas pelo Governo Federal quando ainda estão no mercado de trabalho.

Ela é gerida pelo INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), que é uma autarquia do Governo Federal, responsável por receber as contribuições dos cidadãos para a manutenção do regime de previdência social nacional.

Já a aposentadoria privada é opcional e, ao contrário da previdência social, a previdência privada concede a você o direito de escolher quanto e como receberá a quantia que você quer receber no futuro.

2) Você precisa escolher entre 2 planos

Quando você decide fazer a sua previdência privada, pode optar por 2 tipos de plano: PGBL (Plano Gerador de Benefícios Livre) ou VGBL (Vida Garantidor de Benefício Livre).

Se você tem uma renda mensal maior e faz a declaração de imposto de renda (IR) completa, a melhor opção é o PGBL.

Porque você consegue abater o valor pago no IR, desde que este valor seja equivalente até  12% da sua renda bruta anual.

Já o VGBL é perfeito para quem possui um salário menor e faz a declaração de IR simplificada.

Neste caso, o imposto incide só sobre os rendimentos e não sobre o valor total  acumulado.

3) Sim, você deve esperar  

Quando você escolher ter uma aposentadoria privada, o ideal é que você tenha em mente que será um investimento a longo prazo.

Porque caso você faça seu plano de previdência privada hoje e daqui 2 anos você queira resgatar o dinheiro, você pagará impostos mais altos por este impulso.

Isso acontece porque este tipo de aposentadoria é regido por uma tributação regressiva.

Ou seja, quanto mais tempo você deixa o dinheiro aplicado, menos imposto você paga quando for recebê-lo.

Então, se você resolver sacar sua aposentadoria privada com apenas 2 anos de investimento, precisará arcar com uma tributação de 35%.

Mas se você fizer isso após 10 anos, o imposto incidente será de apenas 10%.

Para você conhecer melhor a relação entre tempo de saque e imposto a ser pago, confira a tabela de tributação regressiva que rege a previdência privada:

Período de Aporte Alíquota de IR
2 anos 35%
2 a 4 anos 30%
4 a 6 anos 25%
6 a 8 anos 20%
8 a 10 anos 15%
Mais de 10 anos 10%

4) Escolha bem como você vai receber o dinheiro

Na previdência privada, você pode definir como vai usufruir do dinheiro aplicado.

A primeira maneira é através da renda mensal vitalícia. Com ela, você recebe o salário que definir no seu plano pelo resto da vida, a partir do ano determinado por você.

Outra maneira de aproveitar sua aposentadoria privada é a renda mensal temporária. Ao contrário da renda mensal vitalícia, a renda mensal temporária é paga por um período de tempo máximo estipulado por você, por exemplo, 10 ou 20 anos.

Já com a renda mensal por prazo certo, você recebe a renda mensal pelo período que escolher, que pode variar entre 5 e 20 anos.

E quando sua opção é o pagamento único, você recebe todo o seu investimento de uma vez só, numa parcela única.

5) Saiba quais taxas vai pagar

Além dos impostos, você também arca com o pagamento de algumas taxas na previdência privada, como a taxa de carregamento.

Ela pode chegar até 3% em alguns planos de previdência. A variação ocorre em função do valor de contribuição mensal e também da aplicação inicial.

Ainda existe a taxa de administração, que é relativa ao pagamento de quem faz a gestão de ativos. Ela varia entre 1,5% e 3% sobre a rentabilidade total da sua aplicação.

Você precisa de uma previdência privada

Agora, depois de ler todo este artigo, você entendeu como a aposentadoria privada pode mudar sua vida?

E o melhor de tudo: Sem precisar contar com a sorte!

Porque se você se planejar, pode ter uma aposentadoria garantida e plena com a realização de projetos e sonhos.

Além de todas as vantagens da aposentadoria privada, você pode se sentir seguro com relação a este investimento, porque ele tem rentabilidade semelhante à de um fundo de renda fixa e todos os planos de previdência privada são regulamentados pela SUSEP, órgão que também regula os seguros no país.

Então, o que você está esperando para ter hoje mesmo sua aposentadoria garantida?

Se você ainda tem dúvidas e quer fazer uma simulação de previdência privada para identificar qual é o melhor plano para você, faça contato com a gente!

Nós, da Segmental, teremos grande prazer em atendê-lo de maneira personalizada, lhe indicando o plano que mais combina com você e também com seus objetivos.

Para fazer sua consultoria em previdência, é só clicar aqui.

Estamos aqui, esperando para lhe atender!

Leia também

Fechar Menu